9 alimentos para mais músculo

Músculos são comumente referidos como um símbolo de atletismo e fitness. Mas as usinas não só formam um corpo definido - elas também estabilizam todo o sistema músculo-esquelético e também aumentam o gasto de energia do corpo. Razões suficientes para investir algum tempo e energia na construção muscular.

Claro, não há como superar o treinamento de força direcionado. Mas somente em conjunto com a dieta certa, o treinamento faz os músculos crescerem. Acima de tudo, é importante garantir uma ingestão suficiente de proteínas, porque 20% do músculo é composto de proteínas. Reunimos uma seleção de 9 comidas deliciosas para ajudar você a construir músculos.

1º ovos

Quer cozidos como um lanche ou ovos mexidos no café da manhã - os ovos são uma fonte ideal de proteína, porque a composição é muito semelhante às proteínas do corpo humano. Isso significa que o corpo pode usar a proteína dos ovos especialmente bem para o crescimento muscular.

Em relação ao teor de colesterol, os ovos foram erroneamente iludidos por um longo tempo: ao contrário dos pressupostos anteriores, o colesterol da dieta tem pouco efeito sobre os níveis de colesterol no sangue. Um ovo por dia você pode consumir sem hesitação.

2. atum

Além de seu alto teor de proteína, o atum pode marcar com ácidos graxos saudáveis ​​e vitaminas B. Pode ser assado ou grelhado como um bife, pode ser usado para apimentar as saladas da lata. No entanto, as pessoas conscientes da figura devem ter o cuidado de usar alimentos enlatados naturais em vez da versão oleada.

3. Queijo da mão

Queijo de mão também é chamado de queijo Harzer e contém naturalmente menos de um por cento de gordura. Com 30 gramas de proteína por 100 gramas, é uma bomba de proteína de baixa caloria e, portanto, um lanche ideal após o treinamento de força. Uma especialidade hessiana é "Handkäs com música": aqui, o queijo Harz é colocado em uma marinada de vinagre, óleo, cebola e cominho.

4. Farinha de Aveia

A combinação de carboidratos complexos, proteínas e fibras faz da aveia uma parte valiosa de um café da manhã balanceado. Eles são duradouros e fornecem energia para treinamento. Como um cereal com frutas e iogurte, aveia é um começo ideal para o dia.

5. carne

O corpo pode utilizar proteína animal como carne e ovos particularmente bem. A carne também é rica em ácido linoléico conjugado, um ácido graxo projetado para promover o crescimento muscular. A carne seca é, portanto, um lanche popular entre os atletas.

6. Tofu

O tofu não é apenas uma alternativa valiosa para a carne dos vegetarianos. Contém proteína vegetal de alta qualidade e ferro, que é necessário para a formação do sangue. Tofu é defumado, em conserva e temperado com ervas. Assado gosto de legumes, marinado fornece variedade na grelha.

7. Grão de bico

As leguminosas são muito ricas em proteínas e também contêm magnésio, o que pode prevenir cãibras musculares. Grão de bico sabor em sopas, como um prato lateral ou em saladas. Eles também são populares na cozinha oriental: mingau de grão de bico é usado para fazer falafel, como colar com gergelim eles são feitos em homus.

8. Greenkernel

Grão verde é o grão seco da espelta. É mais rica em proteínas do que o trigo e contém muitos minerais e vitaminas. Quando moído, ele pode ser usado como farinha e, assim, ajudar a cobrir a necessidade diária aumentada de proteínas e minerais em atletas. Seu sabor de noz dá um toque especial aos assados. Experimente também hambúrgueres vegetarianos com rissóis de sementes verdes.

9. Amendoim

Entre as nozes, o amendoim tem o maior teor de proteína. Eles também fornecem muito potássio, o que é importante para a função muscular. Mas cuidado: com mais de 550 calorias por 100 gramas, elas são verdadeiras bombas de calorias - então é melhor apenas comer pequenas quantidades.

Mais fitness através de uma dieta equilibrada

A Sociedade Alemã de Nutrição (DGE) recomenda uma ingestão de proteína de 0, 8 gramas por quilograma de peso corporal. Por exemplo, se você pesa 70 quilos, deve consumir cerca de 56 gramas de proteína por dia. Para atletas, a exigência de proteína pode ser maior.

Para otimizar o crescimento muscular, é melhor tomar uma refeição rica em proteínas diretamente após o treinamento. Idealmente, você deve adicionar lanches contendo proteínas ao longo do dia à sua dieta, pois o corpo só pode usar uma quantidade limitada de proteína de cada vez.

Além da ingestão adequada de proteína, uma dieta bem balanceada é importante para o crescimento muscular: carboidratos de grãos integrais, frutas frescas e vegetais, bem como ácidos graxos de alta qualidade fornecem ao corpo todos os nutrientes importantes e o tornam apto para o treinamento.

Compartilhe com amigos

Deixe seu comentário