Acne - Cuidado adequado para espinhas e pústulas

No amor pela primeira vez, finalmente permitiu ir ao cinema à noite, talvez até mesmo um carro em breve - crescer é ótimo. Menos "cool", no entanto, são as espinhas e pústulas que atormentam quase todos os adolescentes. De modo que a acne não estrague toda a diversão, o cuidado e o tratamento corretos são anunciados.

Conversão hormonal garante espinhas

"Muitos adolescentes se incomodam com o brilho oleoso da pele", relata o professor Dr. Med. Christiane Bayerl, Wiesbaden. Essa seborreia é típica quando as alterações hormonais durante a puberdade, além de muitas outras alterações, também ativam a produção de sebo da pele. A hiperqueratose, ou seja, a queratinização excessiva das glândulas sebáceas, é adicionada. Os poros da pele entopem, pretos - abertos, pretos ou fechados, comedões brancos - surgem. Espinhas, pápulas inflamatórias ou pústulas purulentas podem se desenvolver.

Limpeza da pele em caso de acne

"Um erro comum, no entanto, é uma limpeza agressiva com muito sabão ou mesmo tônico alcoólico", adverte Bayerl. Isso tensa a pele desnecessariamente e danifica o manto ácido, tornando a pele mais suscetível a irritações e germes. Sindets suaves devem ser preferidos.

O dermatologista recomenda produtos especialmente desenvolvidos para pele jovem e impura. "Esfoliantes suaves são muito úteis, pois removem a sujeira, excesso de lipídios, pele morta e suor completamente", explica Bayerl. "Os agentes dermocosméticos, como o ácido salicílico ou os ácidos de frutas, soltam a cornucópia e previnem a formação de comedões, e produtos que podem ser usados ​​como um peeling ou como uma máscara são muito úteis." Para pústulas frescas, não deve ser feita nenhuma descamação.

Cuidado da pele e tratamento da acne

A limpeza deve ser feita diariamente com emulsões de óleo-em-água hidratantes, como um hidrogel. Um creme de dia matificante leva o brilho da pele sem graça. Desfavoráveis ​​são cremes com alto teor de gordura, como a lanolina. Os jovens devem procurar produtos de cuidado rotulados como "não-comedogênicos". Ingredientes como aloe vera, camomila ou hamamélis não apenas cuidam, mas também acalmam a pele e aliviam a inflamação.

Aliás, cravos e espinhas não devem ser "empurrados" - isso só agrava a condição da pele e pode até levar a cicatrizes. "Melhor é uma limpeza manual regular com uma esteticista treinada", aconselha Bayerl.

Cedo ao dermatologista para tratamento

Pessoas que sofrem de acne devem procurar aconselhamento precoce do dermatologista. "O que é importante é um conceito individual de cuidado e tratamento adaptado à pele e às necessidades do paciente jovem", enfatiza Bayerl. O dermatologista prescreverá um creme ou gel com um medicamento adequado ou, se for grave, um medicamento oral. "Cuidados com a pele sob medida podem, então, apoiar a terapia dermatológica", acrescenta o especialista.

Dicas de dentista sobre acne

  • "Lavagem completa previne acne" Importante não é muito, mas regularmente o cuidado certo! Limpadores agressivos podem até mesmo prejudicar a pele, sabão em excesso pode piorar a acne. Prefira produtos especiais para acne.
  • "Doce e azedo é proibido" Uma acne não é afetada por qualquer dieta. No entanto, uma dieta equilibrada e saudável garante uma pele bonita "de dentro".
  • "O sol ajuda contra as espinhas" Não, muita luz UV até agrava a cornificação. Portanto, garantir proteção solar suficiente, de preferência usando preparações não-comedogênicas, como hidrogéis. Cuidado: Alguns medicamentos contra acne também tornam a pele sensível à luz.
  • "Para espinhas, acariciando é um tabu" De forma alguma, porque a acne não é contagiosa para os outros.
Compartilhe com amigos

Deixe seu comentário